Hoje em dia, a tecnologia nos dá acesso a diversas fontes de conhecimento sobre qualquer assunto. Entretanto, o excesso de informações ao qual estamos expostos diariamente nos deixa propensos a assimilar o que lemos e ouvimos sem fazermos nenhuma ponderação a respeito, inclusive com o áudio!

E isso não é bom, pois não nos permitimos identificar quais dessas informações são realmente úteis: bases sólidas de conhecimento para, na teoria e na prática, pensarmos e agirmos da melhor forma possível.

Termos “absoluta certeza” do que falamos e do que fazemos pode gerar uma série de discussões dentro da equipe na qual trabalhamos, pois as diversas informações absorvidas nesta área, tanto quanto suas interpretações, diferem de pessoa para pessoa. Poder dizer que sabemos “algo” é bom, mas é bem melhor quando conseguimos provar esse “algo” com sabedoria e humildade, através de fatos e experimentos.

Possuir bons equipamentos traz mais conforto a quem os opera, mas a experiência aliada à criatividade e experimentação, mesmo quando os recursos são limitados, é a melhor ferramenta de um técnico e operador de áudio, além de eventualmente trazer gratas surpresas.

Um item muito importante, mas pouco praticado pelos que buscam profissionalismo em Áudio é a leitura de bons livros, revistas, prospectos, manuais e até de sítios na internet, desde que, como já foi dito antes, selecionados com critério.

Áudio é essencialmente tecnologia e com ela evolui. Devemos buscar dia após dia manter nossos conhecimentos atualizados.

Nosso principal objetivo é trazer informação útil àqueles que estarão diante de um console de mixagem, equalizadores, crossovers, compressores, gates, processadores de efeitos e outros equipamentos, seja na hora de uma gravação num estúdio, numa mixagem ou durante um show.

Esperamos despertar nos técnicos e operadores de som a curiosidade e o real desejo de aprender. Sempre.

Bené Frota e Giorgio Seixas